7.400 obras serão retomadas para resgatar a confiança do brasileiro

O presidente Michel Temer reuniu, nessa quinta-feira (9), vários ministros e lideranças políticas, além de representantes de todo o setor produtivo, para fazer o lançamento oficial do programa “Agora, é Avançar”. Até o final de 2018 serão investidos R$ 131 bilhões na conclusão de 7.439 obras inacabadas, paralisadas ou abandonadas. Segundo ressaltou o ministro do Planejamento, Dyogo Oliveira, são obras com orçamento garantido, com data para começar e data para terminar. Com o programa, o Governo espera resgatar a confiança do brasileiro, depois de vencer a maior recessão da história e colocar o País em ordem.

Na avaliação do deputado Darcísio Perondi (PMDB-RS), vice-líder do Governo na Câmara, o “Avançar” é a prova de que o Brasil não está parado e que milhares de empregos serão gerados com as ações que estão sendo tomadas. O programa é resultado da Emenda Constitucional que instituiu um teto de gastos públicos, da qual Perondi foi o relator na Câmara. “Com o teto de gastos, tudo o que está no orçamento, como as obras do programa, será executado, porque tem dinheiro, tem financeiro. Antes, nos governos anteriores, era uma farra. Os orçamentos eram de fantasia, fora da realidade, e as obras eram interrompidas e paralisadas”, avaliou Perondi.

Todas as obras poderão ser fiscalizadas online por qualquer cidadão, através do site “avancar.gov.br”. Segundo Perondi, “este Governo superou a paralisia, a estagnação econômica da recessão. O Brasil voltou a gerar emprego e a crescer. Michel Temer domou a inflação e devolveu confiança aos investidores e agora precisa resgatar também a confiança dos brasileiros. Este programa é um grande passo neste sentido”, defendeu.

O programa prevê a retomada de obras e novos investimentos em vários setores, como habitação, saneamento e drenagem, contenção de encostas, mobilidade urbana, recursos hídricos, ferrovias, rodovias, aeroportos e portos. Na área social, estão previstos investimentos em creches, cidades históricas, centros de iniciação ao esporte, unidades básicas de saúde e unidades de pronto atendimento, quadras esportivas e infraestrutura turística.

O deputado Darcísio Perondi destaca que só no Rio Grande do Sul serão 342 obras, incluindo a conclusão da segunda ponte sobre o Rio Guaíba, nas BRs 116/290, e a duplicação da BR-116, nos trechos Porto Alegre – Tapes e São Lourenço do Sul – Pelotas.

 

Texto: Fábio Paiva

Foto (Marcos Corrêa/Presidência da República)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *