Brasil segue gerando empregos formais

Números do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgados nessa quarta-feira (09) pelo do Ministério do Trabalho, apontam que o governo está no rumo certo e vem enfrentado com competência a maior crise de desemprego da história. No mês de julho, foram geradas 35,9 mil vagas formais de emprego. Este é o quarto mês seguido de saldo positivo na geração de postos de trabalho.

Segundo o Caged, no mês passado foram registradas 1.167.770 contratações de trabalhadores com carteira assinada e 1.131.870 demissões. É a primeira vez, desde 2014 em que as contratações superaram as demissões em julho, um mês historicamente ruim para a geração de emprego. No acumulado de janeiro a julho deste ano, foram gerados 103.258 empregos com carteira assinada e a tendência de crescimento deve se manter até o final do ano. “Estou acreditando que teremos números bem melhores em agosto”, declarou o ministro do Trabalho, Ronaldo Nogueira.

Dos 25 subsetores da economia, 17 criaram empregos no mês passado. A indústria da transformação impactou nos números positivos, abrindo 12.594 vagas. Saldo positivo também foi registrado no setor de comércio, com 10.156 novos postos de trabalho; setor de serviços, 7.714 vagas; setor agropecuário, 7.055 vagas; e construção civil, 724 vagas.

Na opinião do deputado Darcísio Perondi (PMDB-RS), vice-líder do Governo na Câmara, a reforma trabalhista, que entra em vigor no mês de novembro, vai contribuir ainda mais para a geração de emprego. “As mudanças que fizemos na CLT serão fundamentais para a pacificação das relações trabalhistas.  A modernização da legislação vai aumentar a segurança jurídica de empregados e empregadores e ajudar a reduzir o medo dos empresários de investir e gerar novos postos de trabalho”, afirmou Perondi.

Ainda segundo Perondi, além da recuperação do emprego, o País vem registrando a valorização do real frente ao dólar, a inflação abaixo da meta do Banco Central e a queda consistente da taxa básica de juros, entre outros indicadores positivos. “Tudo isso prova que este governo, liderado pelo presidente Michel Temer, está recuperando o Brasil e devolvendo a esperança ao povo depois de anos seguidos de recessão, provocada por governos irresponsáveis do PT”.

 

Texto: Fábio Paiva

Foto (Câmara dos Deputados): Para Perondi, reforma trabalhista vai impactar ainda mais na geração de empregos formais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *