Perondi consegue R$ 11,288 milhões para Ijuí

2017 terminou com excelentes notícias para Ijuí, no Noroeste do Rio Grande do Sul. O prestígio e a influência do deputado Darcísio Perondi no Governo Michel Temer, da qual é vice-líder na Câmara, possibilitou o empenho de muitos recursos extraorçamentários para sua cidade natal. Ao todo, foram reservados R$ R$ 11,288 milhões.

O Ministério da Saúde foi o que mais empenhou recursos para Ijuí. Perondi priorizou e conseguiu com o ministro Ricardo Barros R$ 7,9 milhões para a aquisição, pelo Hospital de Caridade de Ijuí (HCI), de um angiógrafo, aparelho usado para mapear veias e artérias do corpo humano, e um aparelho de ressonância magnética, que permite exames de diagnóstico através de imagens de alta definição dos órgãos internos. R$ 1 milhão estão destinados para custeio do HCI, que poderá usar esse dinheiro para pagamento de despesas regulares, como luz, água, telefone e fornecedores. R$ 200 mil serão usados na implantação de sete gabinetes odontológicos, e R$ 746 mil na construção de um posto de saúde no bairro Boa Vista.

Com o ministro do Esporte, Leonardo Picciani, Perondi conseguiu R$ 750 mil para a construção de um centro esportivo no Bairro Getúlio Vargas; com o ministro do Turismo, Marx Beltrão, R$ 250 mil para reforma da estação férrea, no Centro; e com o ministro do Desenvolvimento Social, Osmar Terra, R$ 252 mil para a construção de um centro de convivência no Bairro Luiz Fogliato. Através da Bancada Gaúcha, Perondi conseguiu outros R$ 190 mil com o ministro da Justiça, Torquato Jardim, para a aquisição de equipamentos de segurança pública.

“Fico feliz em contribuir para equipar e melhorar a estrutura de saúde, esporte e turismo de minha cidade natal.  Agora vou trabalhar para que os recursos sejam liberados o mais rapidamente possível pelo Governo Federal, pois essas ambulâncias serão importantes para salvar vidas”, afirmou Darcísio Perondi.

 

Texto: Fábio Paiva

Foto (Fábio Paiva)

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *