Bancada Gaúcha garante R$ 20 milhões para a ponte de Porto Xavier

Um acordo firmado entre os deputados e senadores da Bancada Gaúcha viabilizou uma Emenda Impositiva no valor de R$ 20 milhões no Orçamento Geral da União de 2019 para a ponte internacional entre Brasil e Argentina em Porto Xavier. Com o acordo, os R$ 57 milhões que já estavam garantidos para a obra no Orçamento deste ano foram realocados para a duplicação da BR-116. Se a mudança não fosse feita, os recursos se perderiam por falta de tempo hábil para o empenho, que precisa acontecer até 31 de dezembro.

Além dos recursos para a ponte, a bancada aprovou R$ 68 milhões para serem distribuídos proporcionalmente a hospitais filantrópicos e santas casas, R$ 30 milhões para escolas agrícolas, R$ 1,6 milhão para equipamentos de segurança pública e R$ 20 milhões para obras na BR-290. A BR-116 já tem garantidos R$ 85 milhões da União, além dos R$ 57 milhões que eram da ponte de Porto Xavier, e mais R$ 30 milhões em Emenda Impositiva.

Para o deputado Darcísio Perondi (MDB-RS) a distribuição dos R$ 169 milhões da Bancada Gaúcha foi bem equilibrada. Ele elogiou a postura da Bancada, que entendeu o problema de prazos e que impediriam o empenho dos recursos. “O importante é que agora teremos tempo para concluir o Projeto, incluir no Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), empenhar os recursos e fazer a licitação, tudo em 2019”.

Para convencer os deputados e senadores, Perondi explicou que o maior entrave para a construção da ponte já foi resolvido. Os argentinos concordaram com o local e o traçado, a chamada Variante Um, mais próxima das zonas urbanas das duas cidades, Porto Xavier no Brasil e San Javier na Argentina.

 

Texto e foto: Fábio Paiva

Perondi negociou o acordo e conseguiu recursos para a ponte em 2019

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *