Meirelles filia-se ao MDB e surge como opção nas eleições presidenciais

A cúpula do MDB promoveu, nessa terça-feira (03), em Brasília, uma concorrida cerimônia para a filiação do ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, que passa a ser mais uma opção do partido para uma eventual disputa à Presidência da República. O Presidente Michel Temer lembrou que recebeu o Brasil com a economia fora de controle e que graças a Henrique Meirelles e sua equipe, em menos de dois anos de governo, a recessão foi vencida. “Temos absoluta convicção que a chegada do Meirelles será útil para o MDB, que sempre lutou pela liberdade, democracia e justiça social”, disse.

Henrique Meirelles afirmou que a construção de uma sociedade justa, inclusiva e igualitária depende do crescimento econômico, da geração de renda e de emprego e de oportunidades para todos. Segundo o ministro, “a economia brasileira estava em frangalhos em 2016, com desemprego, inflação, perda de renda e aumento da pobreza, provocados pelo governo anterior. “Foram filhos legítimos da irresponsabilidade fiscal, do desprezo pelos recursos públicos e falta de respeito com os pagadores de impostos e, sobretudo, com os mais pobres”, afirmou.

Para Meirelles, o presidente Michel Temer realizou conquistas que pareciam impossíveis. “Os resultados estão aí: a inflação nunca esteve tão baixa, sobretudo dos mais pobres, a recessão ficou para trás e o desemprego que ainda é grande, está diminuindo e continuará diminuindo. Estamos construindo o País que queremos. Não vamos construir o futuro e sim o presente. Esse legado não pode ser perdido nem esquecido, é preciso perseverar e insistir na direção certa”.

O deputado Darcísio Perondi (RS), vice-líder do Governo na Câmara, acredita que Henrique Meirelles, a exemplo de Michel Temer, é um nome forte para concorrer à Presidência da República. O Meirelles, avalia o parlamentar, deixa o MDB mais forte. “O MDB é um partido de justiça social, responsabilidade fiscal e capilaridade eleitoral. Temos dois nomes vigorosos e fortes para ocupar o cargo de Presidente da República e dizer para o brasileiro que as reformas melhoraram e vão continuar melhorando o País. Esse legado precisa ser preservado e continuar avançando”, completou.

 

Texto: Fábio Paiva

Foto (smartphone pessoal): Deputado Darcísio Perondi e sua esposa Regina, com o ministro Henrique Meirelles e o presidente Michel Temer

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *